SOS CRIANÇA - LUTA CONTRA A PEDOFILIA FRASE DA SEMANA A Internet hoje se configura como uma das maiores portas de comunicação entre os abusadores. Eles a utilizam não só para estarem em rede trocando informações, como também para se aproximar de suas vitimas

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Por que tenho medo de lhe dizer quem sou? (Powells) - Parte 2 - Por Abner Morilha

Segundo Powel os papéis e os jogos são comuns nas relações humanas e não há qualquer restrição com relação ao sexo ou idade e nos tornarmos peritos naqueles que usamos com maior freqüência.

È certo que todos nós utilizamos de mascaras e vivenciamos jogos e papéis para manter a sobrevivência e podermos interagir com o próximo.

Também é certo que os jogos e papéis distorcem a verdade sobre o que temos de melhor para partilhar e que questionar-se com relação a que jogos utilizo, o que estou buscando, o que estou escondendo e o que estou tentando ganhar são perguntas cruciais para me ajudar a sair dos jogos e papéis adotados.

Creio que é fundamental que façamos o caminho das retiradas das mascaras e que este nos leve ao nosso mais profundo “eu”.

Por outro lado, parece-me que é praticamente impossível o vivermos sem desempenhar papeis em nossas relações. Pois em cada situação ou circunstancias assumimos diferentes posições e isto é mais do que esperado. Em meu trabalho não cabe me comportar como pai, como filho, como esposo ou mesmo como conselheiro.

A manutenção de alguns papéis é vital para o bom relacionamento e para a saúde mental. Creio que o problema é quando nos fixamos em papéis impostos e quando não temos consciência dos papéis que vivemos.

A energia despendida para a manutenção daquilo que não somos exaure as forças criativas que estão disponíveis para nós.

Caminhar em direção a autenticidade deve ser nosso objetivo, mas sem ingenuidade é importante pontuar que viver em sociedade demanda a vivência de certos papeis. O grande problema é quando os papeis dominam nossas vidas e nos afastam de quem realmente somos. Parece que o grande erro é quando o papel me possui e norteia minhas ações e relações.

Parece que até certa medida podemos avançar nos livrando dos papéis impostos e dos jogos que diminuem o próximo e a nós mesmos, mas creio que até naquilo que somos de mais essencial também de certa forma assume algum tipo de papel.

Bibliografia:
POWELLS, John – Por que tenho medo de lhe dizer quem sou?

2 comentários:

  1. Paz,

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Alexandre.
    Os comentários sempre nos encorajam a seguir refletindo e postando aquilo que é relevante para nosso crescimento.

    Deus abençoe sua vida.
    Forte Abraço

    Abner Morilha

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados antes de serem publicados. Obrigado.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails